Por ter trabalhado alguns anos com websites, é bastante recorrente me fazerem esta pergunta. Por conta disso, resolvi compilar aqui as 3 opções mais utilizadas hoje pela maioria das empreendedoras ou profissionais autônomas que trabalham com produtos ou serviços, listando também alguns prós e contras destes recursos. Portanto, se você já empreende ou deseja empreender e ainda não possui um website ou se pretende mudar de plataforma por alguma insatisfação com a atual, não deixe de ler essa publicação até o final.

Lembrando que é fundamental investir em um site para o seu trabalho, pois além de ser o melhor canal de produção de conteúdos,  também reunirá as principais informações de contato, além de transmitir profissionalismo, não é mesmo? Então vamos lá, perca o medo da tecnologia e mão na massa!

WordPress:

WordPress é um aplicativo de sistema de gerenciamento de conteúdo para web, que disponibiliza gratuitamente uma versão básica para construção de sites simples, com opções de temas, criação de páginas e blogs, todos editáveis. Seus recursos se ampliam conforme os planos de pagamento de hospedagem adquiridos (gratuito, pessoal, premium e negócios) e uma vez contratatos (exceto na versão gratuita) também dá direito a um domínio integrado (o endereço personalizado .com para o seu site). Apesar de ser considerada uma das plataformas mais profissionais e multifuncionais que existem hoje, também exige um pouco de paciência e, dependendo da complexidade do projeto, a presença de um profissional para customizá-la, seja na configuração do tema e personalização do mesmo, como também na instalação e configuração dos aplicativos conhecidos como plugins. E curiosamente, justamente por ser um recurso tão rico e complexo, que torna ele tão fantástico. Ainda assim, é possível  criar com site simples sem muito conhecimento prévio, sem conhecer nem mesmo uma linha de programação. Além disso, o WordPress conta com inúmeros fórums de debates, que podem ser buscados no google, como também tutoriais diversos no You Tube.

Então, se você têm força de vontade e o desejo de ter um site perfeitamente adaptado para publicação de blogs e compartilhamentos de conteúdos no Facebook, integração com aplicativos de mala-direta, uso de palavras-chaves conhecidas como SEO (estratégias de rankeamento no Google), entre centenas de outras funcionalidades oferecidas pelos seus plugins, essa é a plataforma ideal. Mas cuidado, porque a opção de instalação de plugins esta condicionada a contratação dos planos Premium e Negócios, além de exigir muito mais estudo para a sua configuração, ou como já disse, a presença de um designer ou programador experiente.

Existe também uma opção de criação de sites em WordPress para quem tem um servidor próprio. Para isso, todo o WordPress será instalado no seu próprio ambiente. Mas essa opção, definitivamente, não é para iniciantes. Há ainda uma terceira opção oferecida por alguns planos de hospedagens no Brasil, através do “Fantástico”, um ambiente onde essas empresas oferecem a opção de instalação automática do WordPress no servidor do serviço. Nestes dois casos, não é necessário o pagamento mensal para o site do WordPress, apenas para o seu fornecedor de Hospedagem, que geralmente oferece junto a contratação do domínio e algumas contas de e-mail.  Além disso, você também ficará livre para instalar tantos plugins quanto quiser. Inclusive o Woocomerce, um plugin específico para instalação de lojas virtuais.

 

WIX

Wix sem dúvida é uma plataforma bem fácil de mexer, toda customizada para que você  tenha o mínimo de trabalho possível na criação e publicação do seu site. Ele já oferece vários designs para os temas, super bonitos e contemporâneos, para serem editados, além de  mala-direta e loja virtual básica. Também ofere uma versão gratuita de teste, com propagandas inclusas, que desaparecem após a contratação de um dos planos Premium. Parece perfeito, mas as críticas mais comuns a esse recurso são, a dificuldade de suas páginas serem listadas no topo das buscas do google, e o recurso de blog que é muito básico, pra quem acha essencial a produção de conteúdos, bem mais limitado que as opções do WordPress, o Wix também não conta com o diversas funcionalidades que os Plugins do WordPress oferecem. Mas, em compensação, você contará com total autonomia para a configuração e edição, descartando a presença de um profissional. É uma opção rápida e fácil, pra quem quer começar e colocar o seu nome “na praça” sem muito trabalho. Vale a pena também dar uma lida na reputação do “Reclame aqui” para entender quais são os principais problemas com a prestação dos serviços, etc.

 

Ilúria 

Entre os recursos mais utilizados para a criação de lojas virtuais, de fácil contratação e configuração está o Ilúria. Com funcionalidades bem básicas para produção de conteúdo, utilização de mala-direta, entre outras possibilidades, mas em compensação, uma ótima plataforma para vendas! Com planos variados e acessíveis, oferece também integração com sistemas de pagamentos como cartões de crédito, Paypal, etc, além de sistemas de frete. Porém, você precisará adquirir o seu domínio “.com.br” usando o Registro.br e seguir o passo-a-passo para poder configurá-lo na loja. É possível personalizar o Layout através de um conjunto de temas não muito diferenciados, porém funcionais e de fácil uso (para experimentar layouts mais ousados, pode ser interessante a contratação de um designer, uma vez que permite a edição em CSS e HTML). Você também acessará um sistema de e-mails para as suas transações comerciais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *